Aplicativo de troca de serviços para profissionais em todas áreas

Respondido

    O Aplicativo consiste em um rede de compartilhamento de serviços por profissionais autônomos ou não, sem envolver pagamentos em dinheiro.
    Através de “coins” o prestador consegue receber serviços de outros profissionais, e ao efetuar um serviço pra outro prestador ele recebe coins, gerando uma “moeda” válida somente no App, possibilitando a troca de serviços sem envolver dinheiro.
    Mais segurança e economia para os prestadores.
    O profissional irá se cadastrar, cadastrar sua função, serviços oferecidos e quantos coins cada serviço dele custá, recebe alguns coins gratuitos para iniciar, a partir daí poderá entrar em contato com outros profissionais para efetuar ou receber serviços.
    Imagine serviços de grande porte com profissionais como Advogados, Médicos, Dentistas, Arquitetos, Engenheiros, entre outros sem precisar efetuar pagamento em dinheiro?? Somente compartilhando seu serviço com outras pessoas.

    Empreendedor Jr Lançado on fevereiro 17, 2016 por Ideia.
    Comentar
    6 Respostas
      Selecionado

      Isaque, boa tarde!
      Aqui no estado de MG existe um serviço parecido, mas não em forma de aplicativo. Chama-se Clube de Permuta que inclusive também uma moeda própria dentro do sistema. Parecem que ganham dinheiro cobrando uma taxa sobre as transações. Procure se informar e quem saber se espelhar.
      Espero ter ajudado.
      Abraços.

      Empreendedor Jr Respondido on fevereiro 19, 2016

      boa tarde Matheus, obrigado pela dica, vou procurar e ver o que podemos aproveitar.

      on fevereiro 20, 2016.
      Comentar

        Deixa eu ver se entendi. É como se fosse uma plataforma de “escambo” de serviço ?
        Por exemplo eu sou um encenador, eu consigo trocar o meu trabalho pelo de um eletricista ?

        Especialista Respondido on fevereiro 17, 2016

        Exatamente, trocar uma formatação de PC por um conserto no seu carro, ou trocar serviço de jardinagem por banho e tosa do seu pet… são exemplos

        on fevereiro 17, 2016.

        Isaque, acredito que isso iria gera um problema de “inflação” dentro da plataforma.
        Seguindo a  nova economia de compartilhamento, você poderia ir mais na linha de trocas de favores (sei que ficou um pouco ambíguo), mas veja:

        Digamos que eu precise trocar o registro do chuveiro da minha casa, então eu anuncio, o que preciso pelo que posso oferecer.

        “Troco lavar o seu carro, por cuidar do meu filho por 8h”
        Baba <-> Limpeza de carro

        São exemplos… mas acredito que poderia ser mais nessa linha.
        Não vejo ganho para o prestador de serviço em oferecer o serviço dele em troca de uma necessidade. Anida acho mais valido cobrar pelo meu serviço e comprar o que eu preciso.

        on fevereiro 17, 2016.

        Eu entendi seu ponto de vista, porém a possibilidade de haver 2 pessoas próximas, uma com o carro pra lavar e a outra com o filho pra cuidar é muito remota, não sei se você me entendeu, acho que será difícil uma pessoa que só sabe serviço de jardinagem e precise de um conserto de telhados, achar uma outra pessoa por perto que que conserte telhados e precise de serviço de jardinagem, seria MUITA coincidência.

        on fevereiro 18, 2016.
        Comentar

          Fala Isaque,  tô desenvolvendo uma plataforma mais ou menos com essa pegada. Mas como já foi descrito aqui, trocas são boas, mas serviços raramente serão trocados sem algum valor envolvido. Já tivemos alguns projetos com esse escopo, tentando eliminar valores monetários das transações, e acabou sendo um erro bem grande.

          Tome como exemplo a Assembly, uma plataforma que apresentava uma característica muito inovadora (trocar serviços por equity de uma determinada startup/ideia), mas não funcionou justamente por focar somente nessa troca, sem interações com dinheiro fica muito difícil cativar usuários como médicos, dentistas, advogados, engenheiros a trocar serviços, sendo que muitos iriam preferir pagar. Você teria que ver a paridade dos serviços que serão trocados.

          Acredito que seria bom trocarmos algumas ideias, qualquer coisa é só chamar!

          Empreendedor Respondido on fevereiro 18, 2016

          Boa noite Matheus, obrigado pela resposta, me chame no inbox para trocarmos algumas ideas.
          Quero descobrir uma forma viável de retirar o dinheiro, esse pode ser o grande diferencial.
          Talvez se conseguirmos convencê-los que ao invés de movimentarem a conta, sacar, ou transferir, usar cheques eles podem simplesmente pagar com uma consulta, uma consultoria, etc de forma que não saiam no prejuízo, temos chances de fazer dar certo, o que você acha??
          me chame no inbox, abraço.

          on fevereiro 18, 2016.
          Comentar

            Não sei se poderia ser realizado a troca de serviço ganhando pontos por cadas serviço realizado, porem o material usado ou taxas seria paga pelo solicitante do serviço. Desta forma um médico , Dentista, Advogado entre outros profissionais iriam ficar mas interessados.

            Empreendedor Respondido on fevereiro 18, 2016

            Ótima ideia Felipe, muito válida, com certeza isso aumenta a chance das classes A e B aderirem o App. Valeu!!

            on fevereiro 20, 2016.
            Comentar

              Bem legal a idéia.

              Sou sócio de uma lançadora de Startup, da uma olhada em nosso site, podemos te ajudar: puzzlelab.com.br

              Empreendedor Jr Respondido on fevereiro 19, 2016

              Valeu Leo, vou olhar sim!

              on fevereiro 20, 2016.
              Comentar

                Isaque, esse projeto saiu?
                estou conversando com algumas pessoas e organizando algo bem parecido com o que vc citou. Acredito que a importancia principal estaria em criar um sistema para reduzir o poder do estado na economia, que no caso aconteceria com a redução da cobrança de impostos. demos alguns passos bons aqui, gostaria de falar com vc. como fazemos?

                Um abraço!

                Iniciante Respondido on junho 7, 2017

                Sua resposta

                Ao responder você afirma que concorda com nossa politica de privacidade e termos de uso.