Aplicativo de compatibilidade pelo mapa astral

    Fala, galera! Bom, eu gosto muito de astrologia, pensando nisso, pensei em desenvolver um aplicativo que faça combinações entre pessoas que possuem o mapa astral compatível e assim, abrir um bate papo, chat, algo similar para que elas possam conversar 😀

    Empreendedor Jr Lançado on janeiro 15, 2016 por Ideia.
    Comentar
    3 Respostas

      Podia ter um sistema que conecte no perfil da pessoa do facebook , e coloca pessoas com os mesmo interesses(paginas curtidas, séries, filmes, esse tipo de coisa).

      Empreendedor Jr Respondido on janeiro 15, 2016

        Bem, a sugestão do João (o público gay) me fez lembrar de uma estratégia de mercado fantástica: o oceano azul. De repente, combinando-se a proposta do Tinder com a proposta de mapa astral, pode-se descobrir um nicho ainda inexplorado e, o melhor, praticamente sem concorrentes (ou sem concorrentes mesmo). Dá uma pesquisada em cases sobre o assunto e sobre o público gay, pois caso o seu negócio se encaixe, realmente, nesta estratégia, é um caso a se pensar. Já vendi cachorro-quente em frente a uma boite gay e posso lhe garantir, com todas as letras, que é um público, em sua maioria, altamente informado, que consome e que tem alta tendência a se fidelizar.

        Empreendedor Respondido on janeiro 15, 2016

        Oi, Symon! A ideia era justamente esta: uma pegada mais “tinder”. No começo, eu realmente queria algo voltado para o público heterossexual e agora percebo que seria bem legal voltar para o público gay. Muito obrigada pelas dicas 😀

        on janeiro 15, 2016.

        Olá, Luana! Olha, tava pensando ontem e acredito, como o João, que esse modelo tem grande chance de dar certo. Acho que agora temos as duas melhores idéias dos posts do site: o marketplace de supermercados e o Tinder para o público GLS!!! Se eu fosse investidor, estaria apto a aprofundar estudos em qualquer uma dessas duas ideias.
        Outras conclusões a que cheguei foram:
        01 – o fato deste público ser bem informado poderá prover discussões de alto nível (o que seria bom para gerar tração na sua plataforma)
        02 – o fato de serem extravagantes e abertos a novas possibilidades  pode validar a sua proposta de mapa astral. Então, o meu conselho: trabalhe um MVP somente com a pegada do Tinder, inicialmente. Eu não tenho nenhuma dúvida de que iria dar certo. Posteriormente, promova inovações ou melhorias incrementais  (para geração de mais valor e resultados) sendo que, uma delas seria o mapa astral.
        Muito bom o resultado deste post!
        P.S.: Aí vão dois links para você se inspirar! Poderosos!
        https://endeavor.org.br/tracao-pebble-magic/
        http://www.creativante.com/new/index.php/2013-02-03-19-36-05/2014/223-traction-tracao

        on janeiro 16, 2016.

        Olá, Symon! Primeiro, desculpe a demora em respondê-lo. Já existe um Tinder para o público gay masculino (não me recordo o nome). A ideia é realmente fazer a combinação com base no mapa astral e ele não ser um agregado e sim, o principal. Para ser ter uma ideia, participo de dois grupos no facebook sobre astrologia e cada um conta com 3 mil membros – inclusive, um dos tópicos que mais comentados é um chamado “tinder astrológico”. Sem falar que existe uma grande quantidade de páginas no facebook (algumas alcançando mais de 100 mil likes) relacionados à astrologia. É um nicho de mercado que vem ganhando bastante espaço. Mas obrigada pelas dicas, inclusive, excelente texto que você recomendou. Muito obrigada! 😀

        on janeiro 26, 2016.

        Olá, Luana. Tava com dificuldade de acessar os post mais antigos. Bem, pelo que você expôs acima, não tenho nenhuma dúvida de que a sua idéia é bem promissora. Desejo-lhe todo o sucesso do mundo e pode contar comigo sempre que precisar de conselhos ou troca de informações. Não deixe de postar as suas futuras ações aqui no site. Adorei a discussão! Abraço!

        on fevereiro 3, 2016.
        Comentar

          Apesar de aplicativos para encontrar pessoas não serem exatamente uma novidade, a procura ainda é alta, e a maioria repete a formula do Tinder de usar somente fotos. Acredito que oferecer algo “a mais” para saber ou ao menos ter uma idéia se a pessoa é bacana ou não seja interessante.

          O tema de mapas astrais e signos de forma geral é bacana, muita gente tem o intreresse no assunto, mesmo não conhecendo a fundo.

          Minha preocupação maior é que vejo muitas mulheres gostando do aplicativo, mas homens por terem menos interesse nesse tipo de assunto (astrologia) acabando não usando. Então pode ser algo a se pensar, direcionar o aplicativo para o público gay feminino. Inclusive tenho algumas amigas lésbicas que comentam que sentem falta de um aplicativo assim voltado para elas, da mesma forma que existem para gays homens.

          Faça uma boa pesquisa de mercado e descubra qual o melhor nicho para atuar e vai dar certo!

          Especialista Respondido on janeiro 15, 2016

          Sua resposta

          Ao responder você afirma que concorda com nossa politica de privacidade e termos de uso.